Confira essas 5 dicas para economizar combustível do seu carro

Confira essas 5 dicas para economizar combustível do seu carro

As duas últimas semanas no Brasil foram marcadas por instabilidade e incertezas, devido à greve dos caminhoneiros que, literalmente, parou o país. A falta de gasolina nos postos de abastecimento e o acentuado aumento no preço do produto, que chegou a valores abusivos em diferentes postos espalhados pelo território nacional, impediu que muitos brasileiros tirassem seus carros da garagem.

Apesar de o governo já ter acatado às exigências feitas pela categoria e a greve estar oficialmente encerrada, o valor da gasolina deve continuar oscilante pelos próximos dias, ou até que os efeitos econômicos desse evento sejam normalizados.



Pensando nisso, preparamos esse post com dicas para economizar combustível, que poderão ajudar você a manter seu carro rodando, sem estourar o orçamento. Independentemente de greve ou não, as informações compartilhadas aqui são valiosas para aumentar a performance do seu carro, fazer um uso mais consciente de combustível e, ainda, evitar uma quebra de orçamento em tempos de gasolina mais cara ou quando for preciso aumentar a rodagem do veículo. Além disso, essas dicas não te ajudam só a economizar combustível, mas também a diminuir gastos com reparos do automóvel. Confira as dicas que separamos:



CALIBRAGEM DOS PNEUS



A calibragem correta dos pneus do carro não influencia apenas em sua conservação e na segurança dos passageiros. Quando o pneu está murcho ou insuficientemente calibrado, exige que o motor do carro faça mais esforço para mantê-lo rodando com a mesma velocidade, o que implica diretamente no aumento do consumo de combustível.



O ideal é calibrar os pneus a cada 15 dias. Se o carro não for utilizado com tanta frequência, é possível aumentar esse prazo para 20 dias, mas nunca mais do que isso ou a performance será comprometida. Além disso, é preciso se atentar para a orientação de pressão necessária, informada pela fabricante do seu modelo de pneu, e lembrar que a calibragem dos pneus traseiros e dianteiros são diferentes.



AR CONDICIONADO



É claro que, se você optou por um modelo equipado com ar condicionado, sua prioridade é o seu conforto e você não passará calor desnecessário. Contudo, tente fazer uso consciente desse adicional. O ar condicionado usa a força do motor para ser acionado e, dependendo de como estiver a temperatura ambiente externa, o aumento no consumo de combustível pode chegar a 20%.



Outro ponto importante é que, apesar do aumento no consumo de combustível causado pelo ar condicionado, é preferível fazer uso dele ao invés de deixar as janelas abertas quando o carro estiver em alta velocidade. Isso porque a abertura das janelas, especialmente em velocidade acima de 80 km/h, afeta a aerodinâmica do veículo e o motor precisa aumentar a combustão para manter a velocidade, aumentando o consumo acima do que gastaria o ar condicionado, e o seu conforto certamente não será o mesmo.



ACELERAÇÃO E TROCA DE MARCHAS



As acelerações de partida e de arranque (para o aumento da velocidade) exigem mais do motor do que a aceleração necessária para manutenção da velocidade. Por isso, procure fazer partidas mais suaves, mesmo que o veículo demore um pouco mais para atingir a velocidade desejada. Evite também forçar a aceleração para o rápido aumento de velocidade, você irá economizar apenas alguns segundos no seu dia e, em contrapartida, gastará muito mais combustível.



Outro fator relacionado à aceleração, que influencia no consumo de combustível, é a troca de marchas. Priorize a troca suave de marchas, sempre no tempo certo para que o automóvel ganhe velocidade aos poucos, sem forçar demais o motor. Se o seu carro for equipado com corta-giro, fique atento a ele para saber o momento exato de avançar para a próxima marcha, se você o fizer antes do tempo, o uso do motor também será afetado.



Sabe aquele truque de colocar o carro no ponto morto em descidas? Pode esquecer isso. A famosa “banguela”, que supostamente deveria diminuir o consumo de combustível, só faz com que ele aumente. Quando a marcha é desengatada, o carro precisa de mais força de aceleração para voltar a rodar normalmente e também perde freio motor, o que afeta não só a sua segurança, mas também os freios, implicando na necessidade de trocar as pastilhas com maior frequência. Então, você acaba só gastando com combustível e manutenção.



PESO



A matemática é simples: quanto mais peso o carro precisar carregar, mais força o motor precisará fazer para mantê-lo em movimento. Se você é daquelas pessoas que costuma manter diversos itens dentro do carro e no porta-malas, aproveite para fazer uma revisão na bagagem e tire do carro tudo o que não for necessário. Se o veículo estiver cheio de passageiros, não rodar em alta velocidade é uma alternativa para consumir menos combustível.



MANUTENÇÃO



Um carro com a manutenção em dia, além de evitar gastos com reparos imprevistos, ajuda você a manter o tanque cheio por mais tempo. Os filtros de ar e combustível, por exemplo, afetam diretamente a mistura desses elementos no motor de combustão, em caso de entupimento, e devem ser trocados sempre no tempo exato indicado pela montadora.



As velas, por sua vez, são responsáveis pela geração de energia dentro do motor de combustão. Se estiverem com funcionamento irregular, vão exigir que o motor trabalhe além do necessário, resultando no consumo desnecessário de combustível. Assim como os filtros, faça a troca desses itens dentro do tempo recomendado pela montadora.



O alinhamento dos pneus também tem grande impacto sobre o consumo de combustível do seu automóvel. Quando as rodas estão desalinhadas, fora de geometria ou apresentando alguma desconformidade, por menor que seja, elas não rodarão com a facilidade necessária e, sem dúvidas, exigirão muito mais do seu motor.



 



Com essas dicas de fácil aplicação, você com certeza fará com que seu carro rode mais, gastando menos combustível, e ainda aumentará sua segurança no trânsito. O mais importante é se organizar para que o automóvel esteja sempre corretamente revisado, no tempo adequado, e dirigir de forma consciente. Assim, você consegue economizar combustível, cuidar da sua segurança e dos passageiros que andam com você e, ainda, evitar gastos com reparos desnecessários.



Quer saber se o seu carro é o ideal para você? Responda ao nosso quiz e descubra qual modelo atende melhor às suas necessidades.



https://ofertas.bigcar.com.br/quiz-tipo-de-carro-ideal