Uma pintura impecável pode valorizar o seu carro na hora da revenda.

Uma pintura impecável pode valorizar o seu carro na hora da revenda.

Manter o seu carro com a pintura impecável é mais importante do que imagina. Não por motivos de ego, mostrando a todos como seu veículo é bonito e você cuida bem dele, mas sim por motivos financeiros. Na hora de vender, um automóvel com a pintura riscada e mal cuidada pode pesar no valor de revenda . E repintar pode não ser uma boa. Se pegar uma oficina que faça um trabalho ruim, o preço pode cair mais ainda. Por isso, vale a pena tomar alguns cuidados e manter seu carro novo em folha. Confira nossas 6 dicas para manter a pintura como se se tivesse acabado de sair da fábrica.


1º - Cuidado na lavagem

Um dos erros mais comuns que causa dano na pintura acontece na hora de lavar o carro. Até mesmo alguns lava-rápidos erram no procedimento e no uso de materiais, como começar a lavagem por baixo. Dependendo do estado, a bucha pode pegar a terra que estava no para-lamas, riscando a pintura do resto do carro.


2º - Gaste um pouco com uma boa cera

Encerar o carro pode parecer coisa de quem se preocupa demais com sua caranga. No entanto, é algo que você também deveria fazer. A cera protege o veículo dos raios UV do sol , algo muito importante considerando o sol que faz no Brasil e o período em que deixa seu carro estacionado ao ar-livre. Atualmente, embora a pintura automotiva é mais preparada para aguentar o calor, há um limite. Gaste um pouco mais de dinheiro e mantenha o carro encerado. Uma boa cera profissional pode proteger de seis meses a um ano.


3º - Banho de chuva faz mal

Todo mundo já deixou o carro fora da garagem para tomar chuva e economizar um pouco na lavagem. Péssima ideia. A água irá secar na pintura, formando manchas . No começo, isso não passa da camada de enceramento protetor. No entanto, se for recorrente, pode começar a passar pela proteção e manchar o nível superficial do verniz da pintura.