Relembre carros antigos da marca Chevrolet que saíram de linha no Brasil

Os carros antigos da marca Chevrolet ficarão para sempre em nossos corações. Modelos como Opala, Chevette e Caravan se despediram das linhas de produções, mas continuam chamando atenção por onde passam. Confira os carros da Chevrolet que marcaram épocas.

Apesar de tudo, alguns carros que saíram da linha de produção da Chevrolet há muito tempo continuam fazendo sucesso pelas ruas Brasileiras.

Em clima de nostalgia, o artigo do catarinacarros lista sete modelos emblemáticos que não são mais fabricados.

Então, prepare-se para uma viagem saudosista.

Os modelos antigos de carros da marca Chevrolet são uma paixão de diversos brasileiros

Principalmente aos que possuem como hobby colecionar alguns modelos específicos, e mantê-los de forma impecável com suas peças originais é uma paixão.

Dessa maneira, essa paixão muitas vezes acaba passando de pai para filho, e isso leva a continuidade das coleções e cuidados com os carros antigos.

Portanto, se você é um desses apaixonados por carros antigos, veja quais são os antigos mais queridos da marca Chevrolet no Brasil. Confira!

Os carros da Chevrolet mais marcantes da história

Não é muito difícil puxar na memória alguns Carros da Chevrolet que fizeram histórias nas últimas décadas. Certamente, a Chevrolet sempre foi uma das principais marcas de carro do nosso país.

Mas, por outro lado, o mais importante de todos esses modelos sempre está no cuidado e proteção que os donos colocam no carro.

Então, se liga na lista dos carros da Chevrolet que mais fizeram história no Brasil, separamos diversos modelos, antigos, clássicos e sucesso de vendas.

Carros antigos da Chevrolet que fizeram história de 1972 até 1994.

  1. 1972 Chevrolet Opala (Carro do ano)
  2. 1974Chevrolet Chevette (Carro do ano)
  3. 1976Chevrolet Caravan (Carro do ano)
  4. 1983Chevrolet Monza (Carro do ano)
  5. 1991Chevrolet Kadett (Carro do ano)
  6. 1993Chevrolet Omega (Carro do ano)
  7. 1994Chevrolet Vectra (Carro do ano)

1. Chevrolet Opala (1972)

Durante o período em que esteve em produção de 1968 a 1992, foram oferecidas paralelamente duas opções de motores ao Opala, 4 ou 6 cilindros, tanto para as versões básicas, luxuosas ou esportivas.

Posteriormente, durante todo o seu período de fabricação, foi considerado um veículo robusto e confortável, com um bom espaço aos ocupantes. Dessa maneira, o Opala foi eleito pela Revista Autoesporte o Carro do Ano de 1972.

2. Chevrolet Chevette (1974)

Lançado na década de 70, o Chevette tornou-se um dos mais populares veículos produzidos pela GM no Brasil.

Contudo, estima-se que até o encerramento de sua produção em 1993, o modelo teria vendido mais de 1,6 milhões de unidades, tendo seu ápice em vendas entre o fim dos anos 70 e meados da década de 80.

Além de tudo, como resultado, ele foi eleito por duas vezes pela Revista Autoesporte o Carro do Ano em 1974 e em 1981. Depois disso, pela primeira e única vez em sua história, o Chevette foi o carro mais vendido no Brasil em 1983.

3. Chevrolet Caravan (1976)

Desde seu lançamento a Chevrolet já pensava em lançar a perua Opala, conhecida por Caravan, mas o projeto ficou engavetado porque a empresa havia se concentrado no Chevette.

Entretanto, no final de 1974 a Caravan foi apresentada com as mudanças impostas na família Opala, e com dois motores, o de 4 cilindros (2.500) e o lendário 6 cilindros (4.100). Posteriormente, em 1978 ela ganhou a versão SS, com os motores de 4 ou 6 cilindros.

4. Chevrolet Monza (1983)

Inicialmente o Monza foi lançado como Hatch e em alguns meses depois na versão Sedan.

Em conclusão, durante três anos consecutivos (1984, 1985 e 1986), o Monza foi o carro mais vendido no país e eleito pela Revista Autoesporte o Carro do Ano de 1983, 1987 e 1988.

Certamente ele era o campeão em aerodinâmica e tecnologia, coisa que na época, poucos carros ofereciam. No entanto, sua produção foi encerrada em 1996, totalizando 857 810 vendas.

5. Chevrolet Kadett (1991)

A versão E do Kadett chegou ao Brasil em 1989 baseado no modelo alemão de 1984.

Em primeiro lugar, o Kadett foi um carro que inovou em vários aspectos da produção de veículos no Brasil, sendo o primeiro carro produzido em série a utilizar vidros colados (pára-brisas e traseiro), a possuir suspensão regulável a ar, a contar com um motor a álcool injetado (junto com o Monza em 1991) e pneus série 65 (Kadett GS 1991).

Contudo, foram produzidos 459.068 veículos Kadett no Brasil até a sua substituição pelo Astra em 1999. Mas, no entanto, ele foi eleito pela Revista Autoesporte o Carro do Ano de 1991.

6. Chevrolet Omega (1993)

Dentre suas qualidades, destacava-se o bom desenho aerodinâmico, a performance, a segurança, o conforto e a qualidade empregada no acabamento.

Além disso, durante seu lançamento a Chevrolet introduziu tecnologias inexistentes nos demais carros nacionais daquela época, consequentemente, tais qualidades o levaram a conquistar o prêmio Carro do Ano pela revista Autoesporte em 1993

7. Chevrolet Vectra (1994)

O Vectra tornou-se, com o passar dos anos, um dos mais desejados automóveis da indústria nacional.

Considerado um marco na história da indústria automobilística brasileira, o Vectra se destacou pela tecnologia que empregava na época de seu lançamento, em fins de 1993, principalmente se comparado a seu antecessor, o Chevrolet Monza.

Contudo, nos anos de 1994 e 1997 o Vectra foi eleito pela Revista Autoesporte o Carro do Ano. Por isso, durante 18 anos de história no mercado brasileiro, devido a suas características de luxo e tecnologia, e mesmo já não sendo mais produzido, o Vectra continua sendo um dos grandes produtos da General Motors do Brasil.

E aí, você gostou de lembrar dos caros antigos? Então, não deixe de nos seguir no Facebook e Instagram para receber mais notícias como esta.

Leia também:

Classificado de veículos catarinacarros.com.br

foto
Novo GMC HUMMER EV 100% elétrico: a picape elétrica que dirige sozinha
Próximo