Saiba cuidar da sua moto: 7 cuidados diários e rotineiros com a moto

Preparado para cuidar da sua moto? Pensando nisso, separamos neste post 7 cuidados diários e rotineiros que os proprietários de motos precisam ter para preservar o produto em sua plenitude.

Assim como nós, as motos também sentem a passagem do tempo. As peças plásticas perdem o brilho e surgem muitos barulhos que podem até tirar o prazer de rodar com sua companheira de duas rodas. Mas, acredite, assim como é possível envelhecer com saúde, também se pode conservar sua moto e deixa lá sempre pronta para um passeio no domingo ou uma viagem de longa distância.

Por isso, lembramos que os cuidados básicos apresentados aqui não substituem a necessidade de se fazer a manutenção periódica.

Então, confira o nosso conteúdo a seguir e se informe sobre o assunto e boa leitura!

Importância dos cuidados diários e rotineiros para preservar a sua moto

Certamente, as motocicletas são onipresentes no trânsito de todas as cidades do país, seja pela facilidade de deslocamento, seja pelo preço acessível. Contudo, ela é também o meio de trabalho de milhões de pessoas, que oferecem agilidade na entrega de documentos e outras mercadorias. Mas é indispensável ser atencioso em relação aos cuidados com a moto.

Então, preservar a moto com a utilização de simples e básicos cuidados diários é fundamental para aumentar a longevidade dos equipamentos e assegurar a aparência da motocicleta. Portanto, se você é motociclista, nada como a sensação de deixar o estresse da semana para trás e sentir o vento no rosto, aproveitando a adrenalina que só tem quem viaja sobre duas rodas.

Porém, para que esse sonho não se torne um pesadelo, é importante lembrar de alguns cuidados com a moto que você não pode deixar de ter. Afinal, seu objetivo é pilotar com tranquilidade e segurança, sem problemas inesperados não mesmo?

1. Troque o óleo da sua moto regularmente

Os motores a combustão possuem diversas peças que se movimentam muito próximas umas das outras, gerando enorme atrito entre elas. Para diminuir esse atrito, a correta lubrificação é fundamental. Sem ela, o movimento de fricção entre os componentes gera tanto calor que é capaz de fundir o motor, ocasionando um prejuízo enorme.

Para evitar esse tipo de problema, mantenha o motor da sua motocicleta sempre lubrificado. Basta seguir as recomendações do fabricante, tanto em relação ao período entre as trocas, quanto ao tipo de lubrificante a ser utilizado. Para saber mais detalhes, basta consultar o manual do proprietário.

2. Mantenha os Pneus da sua moto sempre calibrados

Os pneus devem ser calibrados ao menos uma vez por semana. Como nos carros, eles precisam estar frios. Por isso se não tiver um compressor em casa é importante ir a um posto próximo a residência, para garantir que não haja erro na pressão indicada.

Moto parada por muito tempo pode ressecar os pneus. Tal qual os fluidos, também tem prazo de validade. Rachaduras podem indicar que os pneus não estão mais na condição adequada de uso e devem ser trocados.

3. Não descuide da limpeza da sua moto

A sujeira que adere sobre a moto pode causar prejuízo ao dono, pois é oxidante. Ou seja, deteriora a pintura e os componentes de plástico e de borracha, tornando-os esbranquiçados e quebradiços. Itens metálicos, como o chassi, podem acabar enferrujando se não forem limpos com frequência e adequadamente

Dessa forma, mantenha a sua motocicleta sempre limpa, livre de poeira, terra, insetos mortos e excrementos de animais.

Para isso, use apenas água e xampu neutro. Evite o uso de máquinas de lavar de alta pressão e produtos abrasivos. Além disso, faça a limpeza na sombra e com o motor frio.

4. Verifique o estado dos cabos da moto

No caso do acelerador, é para os modelos mais antigos, que o comando é feito diretamente pelo cabo, e não de modo eletrônico.

Uma motocicleta precisa de 3 tipos de cabos para funcionar corretamente: o cabo do acelerador, o da embreagem e os dos freios. Repare que esse componente está presente nos principais sistemas da moto. Portanto, é preciso ter muito cuidado com eles.

5. Mantenha a corrente da moto lubrificada e regulada

A corrente da moto é fundamental para transmitir a energia do motor para a roda de tração. Ou seja, ela é a ligação entre a caixa de câmbio e as rodas. Portanto, conservar as correntes garante a eficiência total da moto.

Acima de tudo, realizar a manutenção, de forma periódica, é um cuidado muito importante. Para isso, basta limpar e lubrificar o item, de preferência toda semana.

6. Faça uma inspeção diária na moto

Um dos cuidados com a moto mais importantes é a inspeção diária. Com ela, você garante que estará em segurança ao pilotar. Além disso, é muito fácil de fazer. Basta ver se a moto tem algum vazamento, barulho estranho ou dificuldade no acionamento de freio, embreagem e acelerador.

Veja também se os pneus não estão murchos e se todas as lâmpadas acendem.

7. Sempre fique atento às revisões

Agora que você já conhece os principais cuidados com a moto, ficou faltando apenas seguir o plano de revisões recomendado pelo fabricante.

Verifique no manual do proprietário os intervalos de tempo e quilometragem indicados e siga-os à risca.

Esse cuidado é fundamental para realizar a manutenção preventiva que possui custo mais baixo que a resolução de problemas, além de ser essencial para manter a garantia de fábrica. Portanto, jamais descuide das revisões periódicas.

Viu como é fácil manter a sua motocicleta em ordem? Tomando todos esses cuidados com a moto, você terá em mãos uma moto segura, confortável e com bom valor de revenda.

Gostou do post? Se está buscando uma site que ofereça opções excelentes para adquirir o seu veículo, acesse: catarinacarros.com.br

Leia também:

Classificado de veículos catarinacarros.com.br

foto
Novo GMC HUMMER EV 100% elétrico: a picape elétrica que dirige sozinha
Próximo