IPVA: Como o imposto funciona?

IPVA: COMO O IMPOSTO FUNCIONA?

Muitos donos de veículos e aqueles que sonham com a aquisição do primeiro carro ficam em dúvida sobre como funciona o IPVA. O principal imposto de automóveis tem seu cálculo variável e é cobrado anualmente com a finalidade de melhorar diversas áreas. 

Quer saber mais sobre o assunto? Fique tranquilo, pois no post de hoje nós aqui da Big Car vamos explicar tudo que você precisa saber sobre o IPVA. Confira!

 

O QUE É O IPVA? 

 

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é cobrado todos os anos pelos governos estaduais a todos aqueles que possuem veículos terrestres. Criado em 1986, o IPVA foi instituído para substituir a antiga Taxa Rodoviária Única (TRU), que era vinculada principalmente a gastos com o sistema de transporte.

Ao contrário da TRU, o IPVA não é totalmente destinado para melhoria de estradas e ruas. O dinheiro arrecadado através do imposto é dividido entre o Município, o Estado e o Governo Federal. Seu objetivo é auxiliar diversos segmentos para melhoria da qualidade de vida da população conforme as necessidades do momento, como saúde, educação ou mobilidade, por exemplo.

 

COMO É CALCULADO O IPVA?

 

Para calcular o IPVA, é utilizado como base o valor médio do veículo na Tabela FIPE. A partir desse valor, é feita a multiplicação pela alíquota, que tem valores diferentes em cada estado, sendo a região Sudeste a de maiores alíquotas, fazendo assim o IPVA da região o mais caro.

Se você quiser saber o valor do IPVA de um automóvel, é preciso buscar o preço médio do veículo na Tabela FIPE, com modelo, ano e versão especificados. Depois disso, é só multiplicar esse valor pela alíquota de seu estado.

Importante lembrar: a falta de pagamento do imposto acarreta não só em multa, como também em impedimento de financiamento e apreensão do veículo com 7 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

 

SE PAGA À VISTA OU PARCELADO?

 

As formas de pagamento do IPVA são determinadas pelos governos estaduais. Porém, na maioria dos casos, existem duas opções de negociação: em parcelas ou à vista.

Quando o imposto é pago à vista, o proprietário do automóvel recebe um desconto que pode variar de acordo com o estado ou região. 

Agora, se você preferir pagar esse valor em parcelas, fique tranquilo: o IPVA pode ser parcelado em até três vezes, com o primeiro pagamento em janeiro e o último em março. No entanto, desta forma não haverá desconto.

Se você tiver algum dinheiro sobrando ou se programou antecipadamente, o recomendado é quitar o valor à vista para ser beneficiado com o desconto. Caso queira consultar o valor do seu desconto, ele  depende da região e do preço médio do veículo, disponível na Tabela FIPE.

Agora ficou mais fácil entender como o IPVA funciona? Se você gostou do conteúdo, fique ligado no Blog da Big Car para ficar ainda mais informado sobre o mundo automotivo (:

 

Big Car

Autor
foto
5 VANTAGENS DE COMPRAR UM VEÍCULO SEMINOVO
Anterior
foto
CUIDADOS COM VEÍCULO: 5 PONTOS PARA TER ATENÇÃO
Próximo